terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Bola na Rede


É com enorme prazer que anuncio o arranque da minha colaboração com o portal de opinião desportiva "Bola na Rede". O primeiro texto de minha autoria sairá amanhã e aborda a posição que o Benfica tomou face às queixas portistas sobre a arbitragem. Assim sendo, a partir de hoje poderá continuar a acompanhar a minha defesa do FC Porto não só aqui no "FC Porto Interactivo" como também no site bolanarede.pt.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Esclarecimento à dúvida de Layún


"Isto vai ser sempre assim?" - perguntava Layún nas redes sociais enquanto via a arbitragem, pelas mãos de Luís Godinho, empurrar o FC Porto para fora da Taça da Liga, imitando assim o feito de João Capela na Taça de Portugal. Muitos dias depois chega a resposta: Sim, Layún, a pouca vergonha é para continuar.

José Fontelas Gomes, presidente do Conselho de Arbitragem (CA), veio a público afirmar que não admite que a arbitragem seja o bode expiatório. Isto depois de uma explicação do CA sobre o que é um lance de mão na bola e bola na mão, usando para o segundo exemplo os lances que favoreceram o Benfica no derby com o Sporting. Se o lance de Pizzi dou de barato, já o de Semedo me parece falta evidente. Negar isto é atirar areia para os olhos de toda a gente. Mais valia Fontela Gomes ter seguido o discurso de Rui Vitória e dizer que não aceita nem admite que se ponha em causa o mérito do Benfica.

De resto as taças serviram para perceber algumas coisas além de que nunca a arbitragem permitirá que o FC Porto ganhe alguma coisa este ano: que falta a Nuno audácia na hora de forçar um golo a favor do Dragões e que faltam alternativas válidas no banco de suplentes.

Entretanto a limpeza já começou a ser feita com as saídas de Adrián, Evandro e Sérgio Oliveira e parece que Varela pode ser o próximo. Espero que para fechar o plantel cheguem o quanto antes um avançado finalizador e um extremo rápido. As lacunas estão identificadas e têm de ser resolvidas o quanto antes.

Por último um pensamento: leio por todo lado, escrito por portistas mas não só, que o FC Porto tem uma equipa de meninos e um péssimo treinador. Além disso, as arbitragens têm sido um problema grande para os Azuis e Brancos, por muito que o queiram negar. Mesmo assim a distância para o líder é de "apenas" seis pontos e eles - toda a máquina - continuam a fazer tudo para atrasar os Dragões. Há aqui qualquer coisa que não bate certo nestas premissas...